Como tirar as Melhores Fotografias Parte – 13: Sincronismo Flash

sincronismo de flashÉ uma pequena tomada elétrica que permite a ligação direta do obturador
com o interruptor do flash, existindo dois tipos:

1 – Um deles, é uma pequena tomada na qual conectamos
uma das pontas do cabo de sincronização, o que nos dá a liberdade de colocar o flash distante da câmara, nos mais diversos ângulos ao nosso gosto, permitindo inúmeras variações na iluminação.

2 – No outro tipo, o sincronizador de flash, situa-se na sapata existente
na parte superior da câmara, normalmente sobre o visor, onde
a tomada elétrica é a própria câmara que se transforma em
um dos polos elétricos, e, no centro dessa sapata, devidamente
isolada por plástico, existe uma pequena rodela metálica,
que é o segundo polo, ligado internamente por um fio elétrico
ao obturador. O flash, para este tipo de sincronização é especial e/
ou exclusivo, e tão logo esteja ele assentado nessa sapata estará
completada a ligação. Quando apertamos o botão disparador
de poses, o circuito se fecha e imediatamente ocorre o disparo
do flash, simultaneamente com a abertura das cortinas.

Entretanto, apesar de ser muito prático e confortável, esse segundo tipo
de flash não é o mais recomendável

 

ao fotógrafo profissional, em razão do ângulo entre o flash e a objetiva
ser muito pequeno, o que torna sua iluminação muito dura, produzindo
sombras muito acentuadas, e tão mais

dura será, quanto menor for esse ângulo.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


× 3 = doze