Novas câmeras intel oferecem dados de profundidade nas imagens dos ambientes aos quais fotografam

a-19121746904098A Intel lançou duas câmeras novas que serão a alegria de desenvolvedores profissionais e até mesmo de fotógrafos amadores do mundo da eletrônica. A D415 e a D435 são feitas precisamente para poder registrar imagens com dados de profundidade, em três dimensões, permitindo que máquinas de todos os tipos, desde drones até mesmo robôs com inteligência artificial, possam passar a “enxergar” de maneira parecida com nós, seres humanos. Clique para prosseguir a leitura.

Entre o lançamento desses dois modelos que podem ser usados em praticamente qualquer ambiente, isso sendo tanto internos quanto em ambientes externos, e podem ser usados bem facilmente até por quem não é profissional, isso na área devido a um kit de desenvolvimento de software chamado RealSense SDK 2.0. disponibilizado pela Intel. Além do mais, as câmeras possuem conexão USB e funcionam no modo plug and play, que facilita muito a sua utilização para profissionais de ambas áreas de conhecimento e atuação.

A câmera real sense D415 possuí um vasto campo de visão mais estreito e um obturador rolante que varre seu ambiente de um lado para o outro usado para capturar uma imagem. Ele funciona bem melhor ao lidar com objetos pequenos e qualquer coisa que necessite de medidas precisas. Já a câmera real sense D435, por outro lado, possuí um campo de visão mais amplo e tem um obturador global que tira imagens de uma só vez, ideal para capturar a percepção de profundidade de objetos em movimento e para cobrir grandes áreas.

Tecnologia de ponta

Por serem capazes de registrar com muita precisão as informações tridimensionais das imagens captadas em tempo real, as câmeras usam um processador de visão D4 Intel RealSense com módulo de profundidade D400. Há um processador de visão embutido usa tecnologia de 28 nm e suporta até 5 conexões MIPI Camera Serial Interface 2.

Com seu formato compacto e pronto para uso, a série Intel RealSense D400 de câmeras de profundidade facilita muito aos desenvolvedores durante a criação de detecção de profundidade 3D.

“Muitas das máquinas e dispositivos atuais utilizam a visão computacional baseada em reconhecimento de imagens 2D, mas com a tecnologia de profundidade Intel RealSense, estamos redefinindo tecnologias futuras para ‘ver’ como um ser humano, portanto, dispositivos e máquinas poderão realmente enriquecer a vida das pessoas”, Afirmou Sagi Ben Moshe, vice-presidente da Intel RealSense.

Ele ainda concluiu: “Com a sua forma compacta e pronta para uso, a série Intel RealSense D400 de câmeras de profundidade não somente facilita aos desenvolvedores a criação de detecção de profundidade 3D em qualquer design, como também está pronta para ser incorporada em produtos de alto volume”.

A D415 e a D435 já estão em fase de pré-venda e podem ser compradas por US$ 149 e US$ 179, ou R$ 478 e R$ 574.

Jonathan Silva

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


um − = 0

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>